Home Login
Fundação Gil Eannes Fundação Gil Eannes Fundação Gil Eannes

Características do navio

 

Navio Gil Eannes

Os Estaleiros Navais de Viana do Castelo projectaram e construíram (dados cronológicos) esta unidade que tem o comprimento total de 98.450m, boca 13.716m e pontal de construção de 8.000m, desloca cerca de 4.854 toneladas com o calado médio de 8 pés, a que corresponde o porte de 2.600 toneladas, e, em serviço, deve dar a velocidade de 12.5 nós.


Dispõe de 4 porões e 3 cobertas para carga: os porões n.º 1, 2, e 3 e a coberta do n.º 1 estão preparados para o transporte de carga refrigerada; o porão e coberta nº 4 servem para o correio; na coberta de ré guardam-se «bidons» para o fornecimento de combustível a outros navios.

 

O casco, particularmente reforçado para a navegação em mares com gelos, é compartimentado de harmonia com as mais recentes disposições regulamentares de segurança. Satisfizeram-se inteiramente os preceitos da Convenção de Londres de 1948, quanto à protecção contra incêndios: o navio tem cerca de 2500 metros quadrados de superfícies isoladas contra fogo e, além dos meios usuais para combater incêndios, dispõe de um sistema automático de inundação dos locais habitados, por meio de chuva, e de um outro de alagamento dos porões de carga, com gás carbónico, este último associado a um equipamento especial para a detecção de fumos.


O serviço de carga e descarga é feito por meio de 11 paus de carga, servidos por 8 guinchos eléctricos, cada um de 3000kg de força. Completam a maquinaria do convés um molinete dos ferros de 35 HP e um sistema de governo electroidráulico, com o comando normal na casa do leme e o comando de recurso no convés, à popa.

 

O arrefecimento dos porões de carga refrigerada é feito por meio de difusores de ar frio, associados a sistema individuais de condutas de distribuição. As máquinas frigoríficas, instaladas em dois lugares distintos, totalizam a potência de 140HP.

Notícia
Recrutamento