Home Login
Fundação Gil Eannes Fundação Gil Eannes Fundação Gil Eannes

Navio Capitania

Na pesca do bacalhau de então, espalhados por cerca de setenta navios, encontravam-se convivendo e trabalhando durante aproximadamente meio ano cerca de 6500 a 7000 indivíduos. Era absolutamente natural, como não deixarão de pensar, que alguns casos de disciplina ou outros pudessem ocorrer durante esse longo período. Para que todos os casos de ordem disciplinar ou outros pudessem ser rapidamente atendidos minimizando os seus efeitos, quer de ordem humana, quer de ordem económica, havia a bordo do N/m "Gil Eannes", um oficial da Marinha de Guerra que desempenhava funções de Capitão do Porto, nos Mares da Terra Nova e Groenlândia.

Desempenharam as funções de Capitães do Porto a bordo do N/m "Gil Eannes", durante a vigência do meu Comando, os Senhores Capitão Mar e Guerra, Tavares de Almeida, infelizmente já falecido, Capitão Tenente Limpo Toscano, Capitão de Fragata, hoje um distinto Almirante, Mário Simões Teles, e, por último o Capitão Tenente António dos Santos Gaspar. Qualquer um destes distintos Oficiais da nossa Armada, excepto o saudoso Comandante Tavares de Almeida, poderá testemunhar o que de magnífico se teria passado durante o exercício da sua Capitania.

 

Mário C. F. Esteves
(Comandante do Navio Gil Eannes de 1959 a 1971)


Lisboa, 18 de Janeiro de 1996

 

Notícia
Recrutamento