Home Login
Fundação Gil Eannes Fundação Gil Eannes Fundação Gil Eannes

Navio Abastecedor

de Mantimentos, Redes, Diversos Materiais de Pesca, Combustível, Água e Isco para a Pesca

Todos os serviços de abastecimento aos navios da frota eram efectuados no Mar sob as mais variadas condições de tempo e mar e, também, de temperatura ambiente. Este último factor, aparentemente de pouca importância, assume uma outra dimensão quando sabemos que a meio do Verão e, num dia sem nuvens e com um bonito Sol, a temperatura do ar poucas vezes atinge os seis graus positivos. Além de que a temperatura no interior dos porões frigoríficos onde se armazenava o isco para distribuir pelos navios de pesca era normalmente de vinte graus negativos. Durante a campanha, distribuiam-se pelos navios da frota, cerca de 1800 a 2200 toneladas de isco congelado recebidas pelo N/m "Gil Eannes", para que os navios de pesca não perdessem tempo, nos portos de North Sydney na Nova Scotia e Faeringherhavn, na Groenlândia. Também se forneciam à frota, por campanha, cerca de 400 toneladas de água potável e aproximadamente 250 toneladas de combustível. Recebiam-se em terra e entregavam-se aos navios nos seus locais de pesca cerca de noventa toneladas de mantimentos de toda a espécie e largas centenas de redes e de malhas recebidas na Terra Nova. Aos arrastões, que também eram assistidos diversas vezes por época, era distribuído todo o material de pesca recebido em Lisboa desde portas de arrasto de cerca de mil quilos cada, até redes e esferas de arraçal recebidas quer em Lisboa quer na Terra Nova. Desde equipamentos a farmácias, desde reparações eléctricas até reparações electrónicas de tudo se fazia para facilitar a vida aos nossos pescadores.

 

Mário C. F. Esteves
(Comandante do Navio Gil Eannes de 1959 a 1971)

Lisboa, 18 de Janeiro de 1996
 

 

Notícia
Recrutamento